5 erros que podem afastar os clientes de um arquiteto

20

Na hora de se destacar no mercado da arquitetura, saber empreender é fundamental, assim como prospectar e captar de vez a clientela.

Pode parecer simples, mas não é: nem sempre os arquitetos se qualificam como profissionais preparados para esses desafios, e acabam cometendo erros que colaboram para o afastamento dos clientes — e até mesmo para manchar a sua imagem no mercado.

Se você está montando o seu escritório, esse texto foi feito para você: confira aqui os principais erros que ajudam a afastar o cliente — e que você pode estar fazendo sem nem se dar conta!

1. Presença digital mínima ou sem valor

É inegável que a internet está modificando a maneira como nos relacionamos e consumimos. Por isso, muitos dos clientes vão chegar até você por meio de sites de pesquisa e redes sociais.

Se você não der a devida atenção a essas áreas, pode acabar passando a impressão que não é um bom profissional ou sequer possui a experiência necessária.

Para realmente se destacar, use a internet a seu favor: esteja presente no Facebook e também em outras redes utilizadas por sua persona (principalmente as que exploram bastante o uso da imagem, como o Instagram e o Pinterest). Isso é essencial para dar destaque aos seus principais projetos.

2. Comunicação ineficaz com o cliente

Se já aconteceu de o cliente chegar até você empolgado, mas acabar desistindo depois de uma reunião para discutir o projeto, o problema pode residir na sua comunicação.

Lembre-se de que a maioria das pessoas não têm conhecimentos próprios da área da arquitetura e, por isso, é essencial que você fale língua do seu cliente.

Explique de forma didática alguns conceitos, escute o que a pessoa tem a lhe dizer, compreenda as suas necessidades e saiba explorar tudo isso em seu projeto. Aplicando isso à sua comunicação, ela ficará ainda mais efetiva.

3. Desonestidade

Não comunicar os problemas ao cliente, tentar resolver as situações sem aprovação ou, simplesmente, fazer alterações sem avisar previamente não são as melhores ideias para um arquiteto.

Imprevistos costumam aparecer (e muito!) no decorrer de projetos e obras. Por isso, mantenha sua comunicação clara e direta com quem te contratou — caso contrário, você poderá passar a imagem de estar agindo de forma desonesta.

E não se esqueça: um tiro no pé de todo arquiteto é prometer mais do que pode cumprir apenas para fechar o negócio e vender um projeto. Por isso, se você não for capaz de entregar no prazo proposto ou se as ideias do cliente são de difícil execução, seja honesto. Ninguém gosta de se sentir enganado.

4. Falta de atualização

Para se destacar no mercado de trabalho e gerar um verdadeiro diferencial competitivo em relação aos seus concorrentes, estar atento às tendências e aos novos materiais da área são tarefas fundamentais.

Antes de prometer qualquer coisa ao seu cliente, estude detalhadamente e saiba tudo que é realmente mais indicado para aquele projeto específico.

A dica é simples: fique sempre ligado nas novidades e lançamentos do setor e saiba usar essas informações de forma inteligente. Seus clientes ficarão super satisfeitos com o seu trabalho único e constantemente inovador!

5. Não saber vender

Empreender é também saber realizar vendas — no final das contas, é isso que faz o seu negócio crescer. Por isso, saiba mostrar a relação de custo-benefício do projeto em questão, os diferenciais que você apresenta e, claro, faça seu cliente entender que o valor pago é um investimento que irá ajudá-lo a resolver os seus problemas e, muito possivelmente, a realizar um verdadeiro sonho.

Além de todos esses erros, não saber se relacionar com os profissionais da área e não ter uma boa rede de contatos é algo que, como consequência, ajuda a afastar os clientes. Para não cometer esse deslize, confira também algumas dicas incríveis para melhorar o seu networking!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *