6 sinais de que é hora de abrir seu próprio escritório de arquitetura

blog

Existe um momento da carreira em que muitos arquitetos se deparam com a seguinte dúvida: seguir no escritório onde trabalham atualmente ou abrir o próprio escritório de arquitetura, atuando como arquiteto sênior?

Se você ainda tem dúvidas sobre o próximo passo a seguir, conheça agora os 6 sinais de que é hora de você abrir seu próprio escritório de arquitetura:

1. Reconhecimento pelo trabalho

Você tem paixão pelo seu trabalho, participa das reuniões com os clientes e até mesmo desenvolve alguns projetos, mas não recebe nenhum reconhecimento por isso?

Isso pode acabar com a sua confiança e, com o tempo, será cada vez mais difícil encontrar um propósito em seu trabalho. Abrir o próprio escritório de arquitetura, nesse caso, é a oportunidade que você tem de receber o reconhecimento profissional que merece.

2. Mais autonomia

Muitos arquitetos plenos já devem ter passado por essa situação: apresentar uma ideia que pode solucionar um problema no projeto e ouvir o arquiteto sênior descartar todas as sugestões propostas.

Mesmo a falta de autonomia para resolver outras questões mais simples no dia a dia do escritório de arquitetura pode até mesmo abalar sua confiança profissional que já possui uma boa experiência na área.

Se você quer elaborar projetos que tenham a sua cara e um ambiente onde você tem a liberdade para inovar, pode ser o sinal que faltava para abrir seu próprio escritório.

3. Maior perspectiva de crescimento a curto prazo

Abrir o próprio escritório de arquitetura também pode ser a solução nos casos em que o arquiteto tem trabalhado muito, mostrado resultados satisfatórios e até recebido o reconhecimento do arquiteto sênior e dos clientes.

O problema é que, ainda assim, não existe nenhuma perspectiva de crescimento na carreira a curto prazo, seja por conta da alta competitividade interna ou por questões de contingência do negócio.

4. Espírito empreendedor

Os sinais para abrir seu escritório de arquitetura nem sempre são marcados por aquilo que falta. Também é necessário que você possua alguns atributos, como um espírito empreendedor, por exemplo.

Então, se em seu atual trabalho você é visto como uma figura de liderança, capaz de apresentar soluções rápidas e eficientes para os projetos ou assume várias responsabilidades dentro do escritório, talvez seja o momento de colocar esse espírito empreendedor em ação no seu escritório.

5. Boa cartela de clientes

Sair de um escritório que conta com muitos clientes para abrir seu próprio escritório pode parecer arriscado.

Agora, se você já acumulou no atual emprego uma boa cartela de clientes e de potenciais clientes que podem acompanhá-lo onde você for, pode ser esse mais um sinal para você abrir seu escritório de arquitetura.

Não se esqueça também da importância do networking. Essa rede é essencial para a nova empreitada e pode ajudar você a encontrar parcerias para concretizar seu sonho.

6. Ter disposição para aceitar riscos

Se você é um profissional que tem paixão pelo trabalho e já demonstra boa disposição para aceitar riscos, esse é mais um sinal de que essa é a hora de abrir seu próprio negócio de arquitetura.

Além da sua experiência e da cartela de clientes adquirida no trabalho anterior, você precisa se sentir pronto para encarar os altos e baixos que fazem parte do negócio, principalmente nos primeiros anos do escritório.

Quer receber as novidades do nosso blog no seu e-mail? Então não deixe de assinar nossa newsletter!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *