7 registros necessários para abrir um escritório de arquitetura

Abrir seu próprio escritório de arquitetura é um grande passo na sua vida profissional. Certamente você já domina tudo sobre a área, mas isso não é suficiente para alavancar sua empresa. Para isso, você deve entender também sobre empreendedorismo!

No post de hoje, vamos apresentar informações fundamentais para fazer todos os registros necessários a fim de abrir um escritório de arquitetura. Acompanhe:

1. INPI

O primeiro passo é registrar o nome do seu escritório no Instituto Nacional da Propriedade Industrial — INPI. Dessa forma, outro empresário do segmento não vai poder usar o nome escolhido por você.

No site do Instituto, você pode consultar a disponibilidade do nome — ou seja, se a marca já não é utilizada por outra empresa. Por meio da consulta prévia, é garantida a segurança de que o nome da sua organização será único, evitando processos quanto à propriedade intelectual. O valor da taxa de registro costuma variar entre 300 e 500 reais.

2. Junta Comercial

Com o seu escritório já funcionando, você vai realizar o registro legal que deve ser retirado na Junta Comercial do seu estado. O valor da taxa depende do número de sócios e da sua localização.

Para fazer a inscrição você vai precisar de alguns documentos, como Contrato Social ou Requerimento de Empresário Individual, cópia autenticada do RG e CPF do titular e dos sócios, requerimento padrão, pagamento de taxas por meio de DARF e Ficha de Cadastro Nacional.

3. Previdência

Mesmo com um número pequeno de funcionários ou sócios, sua empresa precisa estar cadastrada na Previdência e pagar alguns tributos. O cadastro deve ser solicitado em uma agência e feito por um representante legal. O prazo para dar entrada é até 30 dias após o início das atividades do seu negócio.

4. Receita Federal

Seu escritório deverá estar inscrito no Cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas (CNPJ) junto à Receita Federal. Você vai fazer o registro pela internet utilizando o NIRE.

Os valores variam de acordo com o seu estado e número de sócios, além de ser considerada a atividade exercida pelo seu negócio, no caso escritório de arquitetura.

5. CAU/BR

O processo de registro no Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Brasil — CAU/BR — é feito pela internet, pelo sistema SICCAU. É só clicar na opção Solicitar Registro da Empresa e preencher um requerimento.

Além disso, você vai precisar anexar alguns documentos no formato PDF, como o ato constitutivo, contrato social ou estatuto registrado na junta comercial, comprovante de CNPJ, comprovação de vínculo do responsável técnico com pessoa jurídica e o registro de responsabilidade técnica.

6. Alvará de Funcionamento para abrir um escritório de arquitetura

Para conseguir o alvará de funcionamento, você precisará do CNPJ cadastrado. Esse procedimento é feito pela prefeitura ou Secretaria Municipal da Fazenda da sua cidade.

Você precisará de alguns documentos como formulário da prefeitura, cópia do CNPJ e Contrato Social, além do laudo dos órgãos de vistoria.

7. Aparato Fiscal

O Aparato Fiscal é obtido nas prefeituras ou Secretaria da Fazenda, e é sua responsabilidade solicitar a autorização para imprimir notas fiscais e autenticação do livro fiscal. Com todos os procedimentos listados acima finalizados, seu escritório de arquitetura já pode operar dentro da legalidade!

Quer conhecer mais dicas sobre empreendedorismo e como guiar seu negócio até o sucesso? Entenda mais o que deve ser feito após abrir um escritório de arquitetura e aprenda como controlar o fluxo de caixa. Boa leitura!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *