Abrir um escritório de arquitetura: 6 aspectos burocráticos que você não pode esquecer!

blog

Empreender e abrir um escritório de arquitetura próprio é o sonho de muitos profissionais. Mas, além de se preparar profissionalmente, também é preciso considerar todos os aspectos burocráticos e os custos relacionados a essa empreitada.

Se você está passando por esse momento, saiba que é preciso ter uma poupança de pelo menos 2 salários mínimos apenas para os trâmites burocráticos e ainda aguardar em média 50 dias. Mas não desanime! Veja aqui algumas informações importantes que separamos para te ajudar:

1. Registre o nome do seu escritório

Na hora de abrir um escritório de arquitetura, nem todos os profissionais se lembram da importância de registrar a sua marca — aquela pela qual o seu serviço ficará conhecido.

Então, pense em um nome interessante e vá até o site do Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI). Lá, você poderá pesquisar se o nome escolhido está disponível e também fazer o registro, que custa entre R$ 280 e R$ 380.

2. Contrate um contador

O contador é um dos profissionais mais importantes para a abertura e o funcionamento do seu escritório de arquitetura, já que ele será o responsável por nortear passos importantes do seu planejamento financeiro e tributário.

A quantia cobrada dependerá muito do contador que você escolher, mas, geralmente, o valor se baseia no tamanho da empresa, no número de funcionários e na carga de trabalho.

3. Defina se você trabalhará como empresa, autônomo ou em sociedade

Se você pensa em trabalhar como autônomo, utilizará apenas o Recibo de Pagamento Autônomo (RPA), que é emitido por quem contrata os seus serviços (seja o contratante pessoa física ou jurídica).

Mas, não se engane! Como autônomo, você também pagará impostos, tendo de recolher mensalmente o INSS, o ISS para a Prefeitura, além de fazer a declaração do Imposto de Renda. No RPA, são cobrados alguns tributos, como IRFF (que pode chegar a até 27,5%), o INSS e o ISS.

Se o seu faturamento é maior que R$ 5 mil mensais, o mais recomendado é abrir uma empresa, porque você terá abatimento de impostos.

Para quem pensa em fazer uma sociedade, existem duas possibilidades:

Sociedade civil de profissão regulamentada: pode ser feita entre um engenheiro e um arquiteto, por exemplo. É necessário emitir nota dos serviços e assinar a escrituração dos livros fiscais da Prefeitura (em algumas cidades, isso é feito online).
Sociedade civil de uniprofissionais: acontece entre dois arquitetos e, nesse caso, alguns municípios apenas exigem que sejam emitidos recibos para os clientes, sem a necessidade de se dirigir até a Prefeitura.

4. Faça o contrato social

Definida a forma como você trabalhará, é o momento de formalizar todas as decisões por meio do contrato social, que pode ser feito pelo seu contador ou advogado.

Nesse documento, estará o nome da empresa, o objetivo, a descrição da sociedade (caso exista) e o investimento inicial que cada um fez no projeto.

Mas atenção: se você for uma microempresa ou uma empresa de pequeno porte, é necessário ter a assinatura de um contador responsável.

5. Defina o tipo de tributação

Definir o tipo de tributação é algo muito importante, afinal é a partir disso que você saberá quanto de imposto terá de pagar. Em geral, o sistema mais escolhido é o de lucro presumido, mas isso quem vai te orientar é o seu contador.

Nessa modalidade, o Estado presume que 32% do seu retorno financeiro é lucro e 68% é despesa. Assim, a média paga de imposto é de 11,33% sobre esse lucro. Podem se enquadrar aqui as microempresas, com receita bruta anual de até R$ 360 mil, e as empresas de pequeno porte, com receita de até R$ 3,6 milhões.

Já no lucro real, a taxação é feita a partir da relação direta.

6. Valide no CREA

Não se esqueça de solicitar no CREA a aprovação do seu escritório. Somente depois disso você poderá dar entrada na Junta Comercial ou no Cartório de Pessoas Jurídicas para solicitar o Número de Inscrição de Registro de Empresas (NIRE) e, então, o CNPJ. Depois, não se esqueça de ir até a Previdência Social cadastrar a sua empresa.

Gostou dessas dicas de como abrir um escritório de arquitetura? Então aproveite para conferir como contratar seus primeiros funcionários!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *