Entenda a importância da arquitetura para o endomarketing

92228-entenda-a-importancia-da-arquitetura-para-o-endomarketing

O mundo está mudando e, com ele, o nosso modo de trabalhar. Hoje, grande parte dos ambientes corporativos se baseia em atividades dinâmicas nas quais os funcionários participam de reuniões, realizam momentos de pausa e circulam pelo ambiente.

Nesse cenário, pensar em projetos arquitetônicos corporativos fora dos moldes tradicionais é fundamental. O arquiteto deve entender as necessidades da sua equipe e considerar detalhes como o mobiliário e questões de segurança. Afinal, um bom planejamento pode influenciar a criatividade, a motivação e a produtividade dos colaboradores da empresa.

Neste post, vamos mostrar como arquitetura e endomarketing podem caminhar juntos e como essa união é indispensável para um projeto corporativo de sucesso. Confira abaixo:

Descubra as necessidades dos funcionários

O primeiro passo para elaborar um planejamento que harmonize arquitetura e endomarketing é entender as necessidades dos funcionários da empresa. Para isso, a dica é conhecer a fundo a rotina de trabalho das equipes da organização em questão.

O trabalho é mais criativo? Então, aposte em um espaço mais leve, com músicas ou jogos. Se o perfil da empresa for mais tradicional, é possível criar ambientes de descompressão, como copas, salas para o café ou salas de leitura.

Com essas medidas, os colaboradores certamente estarão mais relaxados e dispostos a cumprir novas demandas.

Delimite um espaço para ser compartilhado

Como em todo projeto de arquitetura, uma das primeiras coisas a se fazer é analisar a planta da empresa. Considere todos os espaços e descubra a melhor localização para criar uma nova área. Você pode utilizar uma sala em desuso ou até mesmo substituir uma sala de reuniões por um espaço de convivência e interação.

Inclua uma mobília despojada, com cores alegres, peças decorativas, livros ou revistas. Essas características permitem incentivar as habilidades dos funcionários! Aos poucos, o ambiente terá um design inspirador, sendo uma verdadeira extensão da empresa.

A metragem do espaço é reduzida e você não sabe como inovar? Adapte uma sala de reuniões para se tornar um ambiente de descontração nas horas livres, incluindo pequenas caixas de som ou móveis que tenham a função “dois em um”. O que vale é manter a criatividade!

Pense em todos os conceitos

Para que o ambiente una arquitetura e endomarketing, é fundamental considerar alguns pontos importantes no seu projeto, como cores, iluminação, ergonomia, segurança, paisagismo e a climatização.

Com todos esses conceitos integrados, a sua composição ficará completa, oferecendo acolhimento e motivação para a equipe. Afinal, com funcionários estimulados, a empresa será mais valorizada e, consequentemente, os resultados alcançados serão muito satisfatórios, não é mesmo?

Crie um ambiente funcional

De nada adianta projetar um espaço incrível se a funcionalidade não for priorizada. Por isso, pense em estratégias para facilitar o fluxo entre as pessoas, escolhendo o mobiliário adequado e que esteja bem integrado ao ambiente.

Se possível, elimine as paredes, oferecendo uma área ampla e convidativa para o relacionamento entre as pessoas. Também é importante não armazenar todos os objetos no mesmo espaço. Busque criar uma decoração dinâmica, prática e fluida!

Outra dica é ter atenção redobrada com as cores. Com grande influência em uma composição, os tons devem ser escolhidos dentro do estilo do negócio em questão. Invista em tons neutros para os móveis e reserve as tonalidades fortes para itens decorativos, como luminárias ou poltronas.

Viu só? Quando unimos arquitetura e endomarketing, podemos repaginar o ambiente de um modo muito vantajoso para o negócio! Quer receber mais materiais sobre o tema? Assine a nossa newsletter e tenha dicas exclusivas diretamente na sua caixa de entrada!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *