Escritório de arquitetura home office: 3 dicas para ajudar a sua produtividade

91958-escritorio-de-arquitetura-home-office-3-dicas-para-ajudar-a-sua-produtividade

Hoje, graças aos avanços da tecnologia e da internet, muitos profissionais têm a opção de trabalhar em casa, uma modalidade que recebeu o nome de home office.

Isso pode ser maravilhoso: imagine só não ter que lidar com o trânsito para ir e voltar do local de trabalho, poder se concentrar sem a interrupção de colegas ou de outras pessoas, poder fazer seus intervalos e horário de almoço no momento em que desejar e, enfim, estar no conforto do seu “lar, doce lar”.

Porém, muita gente não imagina que trabalhar em casa também tem seus desafios. Outras pessoas da casa, vizinhos e animais de estimação, por exemplo, podem fazer barulho ou te interromper.

Isso sem falar que a casa pode ser um mar de distrações. “Por que não sento e assisto a esse episódio do meu programa favorito? É apenas meia hora!”: esse é um dos pensamentos que pode acabar te distraindo e minando a sua produtividade.

Quer evitar que isso aconteça com você? Confira as dicas que preparamos para manter a sua produtividade e trabalhar em seu escritório de arquitetura home office sem grandes problemas!

Tenha um lugar específico para o seu home office

Um fator que é determinante para o seu home office ser bom e você conseguir ser produtivo mesmo trabalhando em casa é ter um local específico na sua residência para ser sua área de trabalho.

Um ambiente adequado é capaz de reduzir muito as chances de você acabar se distraindo, além de evitar que apareçam visitas inesperadas. Isso ainda ajuda sua mente a separar o trabalho do lazer.

É importante frisar que o lugar escolhido para sua área de trabalho deve, obviamente, ser silencioso e isolado.

Escolha um local confortável e adequado

Não adianta nada você conseguir reservar um espaço para trabalhar na sua casa se ele for um cubículo minúsculo, onde você mal consegue esticar suas pernas ou se mexer. Ninguém consegue se concentrar quando está desconfortável, e isso certamente diminuirá a sua produtividade.

Por isso, é importante que o seu escritório de arquitetura home office tenha uma mesa de trabalho com espaço suficiente para você executar suas atividades, e que tenha também uma cadeira confortável para você se sentar, pois não há quem aguente horas sentado em uma cadeira dura.

Um home office, na grande maioria das vezes, não precisa de muito — isso depende da necessidade envolvida em cada tipo de trabalho. Porém, se você precisar de mais espaço para guardar arquivos, pastas, documentos, ferramentas e utensílios; estantes, prateleiras, armários baixinhos ou aéreos e carrinhos volantes podem lhe oferecer uma série de possibilidades para o bom funcionamento do seu home office.

O importante é que você consiga ter tudo ao alcance das mãos para não ter que ficar andando pela casa em busca de algum item para o seu trabalho, assim, seu trabalho poderá fluir bem.

Faça uso dos sinais de trabalho

Se mais pessoas moram em sua casa, a utilização de sinais de trabalho pode ser uma boa opção para que você não seja interrompido, principalmente se você não segue uma rotina com horários fixos.

Os sinais podem ser bem simples, como estar com a porta do escritório fechada, utilizar fones de ouvido, pendurar um aviso de “não perturbe” na maçaneta da porta ou simplesmente colocar algum objeto sobre a mesa de trabalho caso seu escritório fique numa área comum da casa.

E não se esqueça de comunicar às pessoas sobre os sinais! É preciso saber também que, talvez, no começo, as pessoas não entendam e acabem te incomodando. Pode demorar um tempo para que entendam, lembrem e respeitem os sinais. Por isso, é importante que haja muita comunicação a respeito do assunto.

Apesar de parecerem óbvias, você se surpreenderia com a quantidade de profissionais que se esquecem de colocar essas dicas em prática. Por isso, certifique-se de segui-las para começar seu escritório de arquitetura home office com o pé direito!

Quer continuar acompanhando outros conteúdos exclusivos como esse? Assine a nossa newsletter e mantenha-se atualizado sobre tudo que há de novo na área!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *