Projetos de iluminação: entenda a atuação de cada profissional

69126-projetos-de-iluminacao-entenda-a-atuacao-de-cada-profissional

A iluminação de um ambiente, além de ser funcional, valoriza a decoração e os elementos arquitetônicos. Mas, para isso, projetos de iluminação bem estruturados são fundamentais.

A partir de um estudo do local e das necessidades da família ou da empresa, esse projeto vai ganhando vida. Trata-se de um trabalho minucioso, que exige a experiência de um profissional habilitado ou, muitas vezes, de toda uma equipe.

No post de hoje, você vai entender a importância de cada profissional em um projeto de iluminação. Acompanhe!

Profissionais de projetos de iluminação

Os profissionais envolvidos deverão estar atentos às particularidades de cada ambiente, conhecer toda a gama de materiais disponíveis no mercado e ter capacidade técnica para planejar circuitos de luz. É preciso ainda levar em consideração os aspectos arquitetônicos, estéticos, financeiros, ambientais e, acima de tudo, humanos.

Alguns especialistas atuam em projetos de iluminação, desde a elaboração até a execução propriamente dita. Entenda o papel de cada um deles:

Arquiteto

Esse é o profissional responsável pelo projeto, seja de reforma ou construção. Existem arquitetos especializados em iluminação que, no momento da elaboração do projeto, já pensam nos ambientes também a partir da luz, seja ela natural ou artificial.

Os projetos de arquitetura de iluminação estão mais ligados ao conforto visual, uso do espaço e valorização do ambiente, questões muito pertinentes ao trabalho do arquiteto.

Engenheiro

O engenheiro executa cálculos que garantem a segurança da estrutura que está sendo construída ou reformada. Ele também está habilitado a elaborar e executar projetos hidráulicos e elétricos.

Nos projetos de iluminação, os engenheiros trabalham itens mais objetivos, como quantidade de luz necessária e consumo de energia.

Designer de interiores

Dedicado mais à decoração de ambientes, elabora projetos ou segue as orientações de um arquiteto. O designer de interiores costuma estar muito próximo do cliente e, assim, capta suas reais necessidades, auxiliando na escolha de mobiliário, cores e revestimentos.

Ele também especifica a disposição dos aparelhos elétricos, que devem estar de acordo com a iluminação. Nada mais incômodo do que um ponto de luz refletido na tela da TV ou do computador.

Por isso mesmo, o designer poderá, geralmente junto com o arquiteto, participar do projeto de iluminação, que irá tender às necessidades do cliente ao mesmo tempo em que valoriza a decoração pensada por ele.

Paisagista

Esse é o profissional responsável pelos jardins e áreas externas. Além de orientar sobre as melhores opções de plantas para determinado ambiente, o paisagista também poderá elaborar um projeto de iluminação para essas áreas. A luz certa valoriza jardins e ainda cria efeitos surpreendentes.

Lighting designer

Irá executar os projetos de iluminação. Esse tipo de profissional não é muito comum no Brasil. No exterior, ele é um tipo de designer da luz, responsável pelos efeitos produzidos pela iluminação nos ambientes internos ou externos.

Desenhista projetista

Elabora as plantas de arquitetura que contêm os detalhes do projeto, inclusive de iluminação, com todo o sistema elétrico do imóvel. Ele utiliza softwares que possibilitam diversas mudanças antes do início da obra. Trabalha de maneira conjunta com arquitetos e engenheiros.

Como você viu, são muitas as etapas e os profissionais envolvidos no processo para garantir um bom projeto de iluminação. Restou alguma dúvida sobre o assunto? Contratou algum desses profissionais e tem uma experiência para compartilhar? Deixe seu comentário aqui no post!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *